LE@D organiza eL@IES´14 – IV Encontro de Instituições e Unidades de eLearning do Ensino Superior

elies2014A  Universidade do Porto,o LE@D-Universidade Aberta e o Instituto Politécnico do Porto têm o prazer de anunciar a realização do IV Encontro de Instituições e Unidades de e-learning do Ensino Superior a realizar no próximo dia 26 de novembro de 2014 na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. Dando continuidade às três edições anteriores, este encontro pretende promover a reflexão, o debate e a troca de experiências na implementação, na organização e na aplicação de elearning. Este ano o encontro será subordinado ao tema Elearning e cooperação: destino ou opção?

rschuwer O encontro conta com a participação do convidado internacional, Robert Schuwer  da Universidade Aberta Holandesa.

Pretende-se ainda o reforço e desenvolvimento de práticas de colaboração e de partilha entre as equipas e as unidades de e-learning das instituições de ensino superior portuguesas.

O encontro dirige-se especialmente a:

  1. Equipas de unidades de elearning e serviços tecnológicos de IES;
  2. Docentes e investigadores a desenvolver trabalho no domínio do elearning e da integração das tecnologias no ensino;
  3. Outros colaboradores de IES com interesse no domínio;
  4. Empresas com oferta relevante no domínio de elearning.

Para mais informações e inscrições consulte o site do evento: http://elies2014.up.pt

O LE@D encontra-se na organização desta iniciativa desde a sua 1ª edição em 2010. Consulte no site do LE@D os registos dos eventos anteriores.

Equipa de Investigadores do LE@D integra Projeto ECO

logo_ecoeco_project

A Universidade Aberta (UAb), por intermédio da equipa de investigadores da iniciativa iMOOC e do Laboratório de Educação a Distância e Elearning (LE@D), participa no Projeto ECO, uma ação-piloto com a duração de 36 meses apoiada pela União Europeia. Este projeto tem como principal objetivo disseminar as mais bem sucedidas experiências europeias de cursos abertos massivos online – MOOC – a uma escala continental, através da realização de cursos piloto e da implementação dessas práticas em centros regionais de excelência, por toda a Europa.

Para tal, o ECO irá implementar uma plataforma agregadora de MOOCs, a qual integrará diferentes módulos fornecidos pelos diversos parceiros ECO, destinados à promoção de práticas de aprendizagem colaborativa online e à certificação de professores com vista à criação dos seus próprios cursos e de outros recursos educacionais abertos. Este processo ampliará o impacto do projeto nas diversas comunidades abrangidas pela parceria. Assim, os cursos-piloto do projeto ECO irão prestar especial atenção à formação de professores no espaço Europeu.

O Projeto ECO usará as tecnologias mais atuais na implementação da plataforma agregadora de MOOC, o que permitirá o desenvolvimento das atividades piloto, de forma combinada e de natureza transfronteiriça, em todos os centros envolvidos na parceria.

O ECO contribuirá para aumentar a consciência dos cidadãos e das instituições europeias dos benefícios da utilização de recursos educacionais abertos. O projeto vai demonstrar ainda o potencial dos MOOC (cursos e comunidades) para diminuir ou eliminar as barreiras tecnológicas em processos de aprendizagem para utilizadores com necessidades especiais ou em risco de exclusão.

eco_partners

partners_eco Participam neste projeto 22 parceiros, entre universidades e empresas de sete países europeus e dois sul-americanos. Em novembro de 2014, uma dezena de cursos MOOC serão lançados pelos diversos parceiros, sendo a UAb responsável pela elaboração oferta de um deles sobre o tema das e-skills para professores.

Mais informação sobre o projeto, que recebeu financiamento do Programa-quadro para a Competitividade e Inovação da União Europeia com o acordo de concessão nº 621127, pode ser consultada em várias línguas em:

logo_eco Site ECO Project: http://ecolearning.eu/

twitter_logo_2_small Twitter:#ecomooc

facebook-logo_small Facebook LE@D: https://www.facebook.com/LEaDUAb

Abertas Candidaturas ao Concurso Investigador FCT – 2014

 FCT     FCT2

Encontra-se aberto, até dia 16 de junho 2014, o concurso Investigador FCT,  destinado à contratação de investigadores doutorados para unidades de investigação.

De acordo com o regulamento estabelecido pela FCT, podem candidatar-se investigadores de qualquer nacionalidade e idade em três níveis diferentes de financiamento: 1) nível inicial – para doutorados com doutoramento concluído há mais de 3 anos e menos de 8 anos, sem exigência de independência científica prévia; 2) nível de desenvolvimento – doutorados com um currículo de mérito excecional e experiência como investigador independente; 3) nível de consolidação – para doutorados com experiência como investigador independente, com um currículo excecional e que evidenciem liderança científica numa determinada área do conhecimento.

Segundo o edital deste concurso, os investigadores selecionados, que não sejam Investigadores Responsáveis de qualquer projeto ativo financiado pela FCT a partir de 1 de janeiro de 2015, poderão ainda receber um financiamento correspondente a um Projeto Exploratório, no montante máximo de €50.000.

Para mais informações, consultar http://www.fct.pt/apoios/contratacaodoutorados/investigador-fct/2014/index.phtml.pt.