Pós-Doc

O LE@D acolhe anualmente investigadores para realizarem Pós-doutoramentos.

Lista de Projetos de Investigação:



  • Ana Paula Rocha, Ministério da Educação (Portugal): Avaliação formativa. Um estudo sobre formação de professores em contexto blearning

  • Ariston de Lima Cardoso, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (Brasil): Conhecimento tecnológico pedagógico do conteúdo: o que revela a prática docente na FRB

  • Covadonga Rodrigo San Juan, Universidade Nacional de Ensenanza a Distancia- UNED (Espanha): Análisis Accesibilidad en Plataformas MOOC

  • Daísa Teixeira, Universidade Fedearl de Espírito Santo (Brasil) : Movimentos de mediação/interação docente online no planejamento de cursos para formação inicial e continuada de professores em ambientes virtuais de aprendizagem

  • Diene Eire de Mello Oliveira, Universidade Estadual de Londrina no Paraná: Elearning

  • Elena Maria Mallman, Universidade Federal de Santa Maria (Brasil): Recursos Educacionais Abertos no Design Pedagogico de Disciplinas Online

  • Edméa Oliveira Santos, Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Brasil): A cibercultura na era das redes sociais e da mobilidade: novas potencialidades para a formação de professores

  • Eva Garcia Lopez: Discovering Usability Issues in Mobile Tourist Guides

  • Eliane Schlemmer,Universidade do Vale do Rio dos Sinos UNISINOS (Brasil), Ecossistemas de Inovação na Educação na cultura híbrida e multimodal


  • Flávio Lemos de Souza, Universidade Federal Fluinense (Brasil), Testagem e avaliação do modelo sMOOC como suporte ao desenvolvimento de sMOOCs pelo professor em educação superior no Brasil

  • Fernanda da Silva Lino, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Brasil: Cyberbulling e EduComunicação: criação de ecosistemas comunicativos como reação às agressões no ciberespaço

  • Fernanda Roda de Araújo Cassundé, Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), (Brasil): O Desenvolvimento de Competências Digitais de Professores do Ensino Superior: Um Estudo Comparativo entre UAb Portugal e UAB Brasil

  • Isabel Hevia Artime, Universidad de Oviedo (Espanha): Los entornos virtuales como espacios de enseñanza y aprendizaje: análisis de cursos MOOC

  • João Aragão Pina, ISCTE (Portugal): Credibilidade da informação em artigos da Wikipédia lusófona: avaliação da qualidade das referências (2019)

  • João Mattar Neto, (Brasil): Mestrados a Distância em Portugal (2019)

  • Luciano Gamez, Universidade Federal de São Paulo: Aprendizagem aberta e em rede em Design Educacional: meta–análise de referenciais no TEDE /UNIFESP e na Wikipedia (2019).

  • Maria Prazeres Casanova, Ministério da Educação (Portugal): A avaliação formativa digital: um estudo sobre perspetivas de alunos

  • Maria Angélica Costa, Fundação Oswald Fio Cruz (Brasil): Modelos e Práticas de Inovação Pedagógica na Formação Aberta e a Distância de Docentes: os casos do Brasil e Portugal

  • Maria Filomena Pestana Martins Silva Coelho, Universidade Aberta (Portugal): Programa Wikipédia na Universidade: meta-análise dos cursos da comunidade lusófona entre 2011-2018

  • Paulo Roberto Constantino | Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil: Orientação de Trabalhos de Conclusão de Curso em EAD: Práticas dos Formadores no Brasil e Portugal

  • Rozangela Maria de Almeida Fernandes Wyszomirska, Universidade Federal de Alagoas (Brasil): Análise de Modelos de Educação a Distância: desenho, sustentabilidade, escalabilidade e aplicabilidade

  • Sandra dos Anjos Canário Ribeiro, Ministério da Educação (Portugal):MOOC – A Qualidade e a Sustentabilidade na Avaliação de Aprendizagens por Pares