2013 a 2017

2017

  • Brouns F., Teixeira A., Morgado L., Fano S., Fueyo A., Jansen D. (2017) Designing Massive Open Online Learning Processes: The sMOOC Pedagogical Framework. In: Jemni M., Kinshuk, Khribi M. (eds) Open Education: from OERs to MOOCs. Lecture Notes in Educational Technology. Springer, Berlin, Heidelberg doi.org/10.1007/978-3-662-52925-6_16
  • Ishida, M. M.;, A. P. Martinho; Pereira, P.; Amante, L.; & Caeiro, S. (2017) “Comparação entre modelos pedagógicos de dois cursos de licenciatura na modalidade a distância em ciências aplicadas em Portugal e no Brasil” In Paulo Dias, Darlinda Moreira e António Quintas-Mendes (Coord.) Novos olhares para os cenários e práticas da educação digital. Educação a Distância e eLearning, N.º 2. UAb. ISBN: 978-972-674-808-3 (pp.76-112).
  • Mallman , E.M. ; Jacques, J.S.; Mazzardo, M.D. & Quintas-Mendes, A.M. (2017) – Práticas e Recursos Educacionais Abertos no Ensino Superior: Inovação Pedagógica Mediada por Tecnologias em Rede nas Modalidades Presencial e a Distância, In Dienne Mello & Terezinha Fernandes (Orgs) Educação a Distância e E-Learning: Práticas e Desafios, Santo Tirso, WhiteBooks. pp 73-89.
  • MOREIRA, J. A., NUNES, M., & CAEIRO, D. (2017). Educação a Distância e eLearning no Ensino Superior em Portugal em Estabelecimentos Prisionais. Desafios e Perspetivas. In L. Alves, & J. A. Moreira (Orgs). Tecnologias & Aprendizagens. Delineando Novos Espaços de Interação. Salvador: Editora Universidade Federal do Estado da Bahia, Brasil, 79-102.
  • Nobre, A., Mallmann, E. (2017). Mídias  Digitais, Fluência Tecnológico-Pedagógica e Cultura Participatória: a caminho da  web-educação 4.0? In  Thelma Alves, Ana Carvalho (Org). Midias Digitais e Mediações Interculturais. Recife: Amazon, 2017
  • Oliveira, I. & Gaspar, M. I. (2017). Educação a Distância: que trajetória em Portugal? In Q. Mehlecke (org.) Educação a Distância no Ensino Superior – teoria e prática. São Paulo: Opção Livros.
  • Oliveira, I. (in press). Liderança(s) e a inovação tecnológica. In L. Grave, G. Bastos & I. Oliveira (Orgs.), Lideranças e inovação em contextos educativos. Lisboa: Universidade Aberta, EaD e eLearning nº 3.
  • Oliveira, N. R., & Morgado, L. (2017). Digital Identity of Researchers 2.0: The Case of Their Personal Learning Network. In A. Esposito (Ed.), Research 2.0 and the Impact of Digital Technologies on Scholarly Inquiry (pp. 270-289). Hershey, PA: IGI Global. doi:10.4018/978-1-5225-0830-4.ch014
  • Seabra, F., Barros, D., Cardoso, T. M. L., Henriques, S. & Goulão, M. F. (2017). Permanência dos estudantes no Ensino Superior a distância: elaboração de um instrumento. In. T. P. Alves & A. B. Carvalho (Orgs.), Mídias Digitais e Mediações Interculturais (pp. 13-61). Recife: Amazon. ASNI: B073H51TV5; ISBN: 9781521715123
  • Souza, T., Cruz, D.; Amante, L. (2017). Letramentos Digitais na Formação de Estudantes Online na Universidade. Contexto Brasileiro e Português. In D. Mello e T. Souza (Orgs.) Ensino Superior, Educação a Distância e Eearning., Whitebooks: Santo Tirso, (57-71).
  • Spilker, M. J., Silva, M. P., & Morgado, L. (2017). Research 2.0: The Contribution of Content Curation and Academic Conferences. In A. Esposito (Ed.), Research 2.0 and the Impact of Digital Technologies on Scholarly Inquiry (pp. 231-248). Hershey, PA: IGI Global. doi:10.4018/978-1-5225-0830-4.ch012

2016

  • Abreu, R., & Cardoso, T. (2016). M-Learning na ESTeSL: Uma experiência de inovação pedagógica. Em Mª A. Flores (org.). Inovação Pedagógica no Ensino Superior: Ideias (e) Práticas. Universidade do Minho, Instituto de Educação, Núcleo de Estudos e Inovação da Pedagogia (NEIP) e DeFacto Editores, pp.207-222.
  • Amador, F., Nobre, A. & Barros, D. (2016). , Towards a Model of a Didactics of eLearning: An Application to Education for Sustainable Development. In Margarida M. Pinheiro & Dora Simões, Handbook of Research on Engaging Digital Natives in Higher Education Settings. IGI Global, 396-415.
  • Amador, F., Nobre, A., Barros, D., Gonzaga, L., A (2016). Transposição Didática no âmbito do eLearning. In Paulo Dias, Darlinda Moreira, António Quintas-Mendes (Eds). Práticas e Cenários de Inovação em Educação Online. Lisboa, Universidade Aberta.
  • Amante, L. (2016). Facebook and new sociability. Some research contributes. In  Alexandre Chagas, Cristiane Porto, Edméa Santos (Eds). Facebook and education. Post, like & share. Editora da Universidade Federal da Paraíba, 27-46.  ISBN: 978-85-7879-313-5 http://www.cidademarketing.com.br/2009/n/22987/e-book-facebook-e-educao–lanado-na-verso-em-ingls.html.
  • Borges, F.S., ; Goulão, M.F., ; Barros, D.M., Henriques, S. & Cardoso, T. (2016). Permanência dos estudantes no ensino superior a distância: elaboração de um instrumento. In  Thelma Panerai Alves & Ana Beatriz Gomes de Carvalho. Mídias Digitais e Mediações Interculturais.
  • Brouns, F.; Teixeira, A.; Morgado, L.; Fano, S.; Fueyo, A.; Jansen, D. (2016). Designing Massive Open Online Learning Processes: The sMOOC pedagogical framework. In Mohamed Jemni, Kinshuk, Mohamed Koutheair Khribi (Eds).  Open Education: from OERs to MOOCs, 315-336 .  Springer. URL: 10.1007/978-3-662-52925-6
  • Cadima, R., Esperança, C., Rodrigues, V., Francisco, M., Rodrigues, C., Costa, S., Mineiro, J., Pedro, S. & Maximiano, C. (2016). Driving moocs through society: the UP2U platform. In D. Jansen & L. Konings (Eds), MOOCs in Europe, 3, pp. 49-52. Rome: EADTU. ISBN 978-90-79730-19-3 http://home.eadtu.eu/news/110-publication-moocs-in-europe-available
  • Cardoso, T. & Rocha, M.A. (2016). Avaliar Online: Uma Experiência numa Unidade Curricular da Licenciatura em Educação da Universidade Aberta – Portugal. In Cristiano Maciel, Kátia M. Alonso, Maria C. Paniago (Eds) Educação a distância.  Editora da UFMT, Universidade Federal do Mato Grosso (Brasil), 245-274.
  • Cardoso, T., Gottsche, K., Machado, A.P. &  Nobre, A. (2016). Ensinar e Aprender Línguas Estrangeiras na Universidade Aberta: exemplos de práticas comunicativas online. In Paulo Dias, Darlinda Moreira, António Quintas-Mendes (Eds). Práticas e Cenários de Inovação em Educação online.  Lisboa, Universidade Aberta, 319-341.
  • HENRIQUES, S., MOREIRA, J. A., GOULÃO, M. & BARROS, D. (2016). Pedagogia em Ambientes de Aprendizagem em Rede: O Curso de Formação para a Docência Online. In F. Vieira, J. Silva, M. Flores, C. Oliveira, & T. Sarmento (Orgs.). Inovação Pedagógica no Ensino Superior. Ideias (e) Práticas. Santo Tirso: DeFacto Editores, 105-118.
  • Isabel Barros Dias; Isabel Seara; Daniela Melaré Vieira Barros (2016).  Projeto Acessibilidades: modelo de incluso no ensino superior a distancia. In Dias,P.;Moreira,D.;Quintas-Mendes,A (Eds).  Práticas e Cenários de Inovação em Educação Online.  Universidade Aberta, 01/09/2016,  1-10. URL: 9789726747864
  • LOUREIRO, A., MESSIAS, I. (2016) Competences and Learning Profiles of Digital Age’s Students, in Pinheiro, M., & Simões, D. (2016). Handbook of Research on Engaging Digital Natives in Higher Education Settings (pp. 1-491). Hershey, PA: IGI Global. doi:10.4018/978-1-5225-0039-1 http://www.igi-global.com/book/handbook-research-engaging-digital-natives/141949#table-of-contents
  • Lustosa, G., Carneiro, J., & Pessoa, T. (2016). Aprender e Ensinar com afeto. In A. Junior, N.Lacerda & S. Oliveira (org.) Educação a Distância: midiatização, formação e saberes (p.111-124). Curitiba: Editora CRV http://dx.doi.org/10.1590/S1517-9702201603138125
  • Lustosa, G., Pessoa, T. (2016). A Formação de Professores e a(s) História de Vida como Método de Investigação e de Construção de Conhecimento. In A. Reis, M. Amparo Ferro & R. Sousa (org.) A Educação no Tear da História saberes (p.131-146). Jundiai: Paco Editorial
  • Martinho, A. P., Vaz-Fernandes, P., Padrel de Oliveira, C., Bacelar-Nicolau, P., Azeiteiro, U. M.  & Caeiro, S. (2016). Strengths and weaknesses of an e-learning program in environmental sciences at Universidade Aberta, Portugal. In Walter Leal Filho and Paul Pace (eds.) Teaching Education for Sustainable Development at University Level. World Sustainability Series, Springer, Berlin. 49 – 66.
  • Messias, I. & Morgado, L. (2016). Facebook + LMS: scenarios for student’s engagement in distance learning, Porto, C. Santos, E., Chagas, A.(Orgs). Facebook in Education: post, like and share, 381-404, Campina Grande: Editora EDUEPB
  • Miranda, P., Isaías, P., & Pífano, S. (2016). Higher Education Students’ Perceptions of Positive and Negative Effects of Social Networking in Portugal. In Issa, T. Isaías, P. & Kommers, P. (Eds), Social Networking and Education – Global Perspectives (pp. 111-127). Lecture Notes in Social Networks, Springer. URL: http://link.springer.com/chapter/10.1007/978-3-319-17716-8_8
  • Moreira, J. A. (2016). Navegar, partilhar e Aprender nas Redes Sociais em Cursos de Pós-Graduação. In Tânia Hetkowski, Maria Altina Ramos, & Andrea Lago (Orgs.). Educação e TIC: Relatos de Experiências, Processos Formativos e Práticas Educacionais. Curitiba: CRV, 45-69.
  • Moreira, J. A., & Alves, L. (2016). Autonomia, Iniciativa e Aprendizagem ativa na Web Social em Estudantes de Pós-Graduação. In C. Maciel, K. M. Alonso & M. C. Paniago (orgs.) Educação a Distância: Interação entre Sujeitos, Plataformas e Dispositivos. Mato Grosso: Universidade Federal de Mato Grosso (UFMG), 443-476.
  • Moreira, J. A., Vieira, C., & Costa, P. (2016). Navegar e Educar na Web. As Redes Sociais como Espaços de Comunicação, Partilha de Conhecimento e de Promoção de Competências de Aprendizagem. In P. Dias, D. Moreira, & A. Q. Mendes (Orgs.) Práticas e Cenários de Inovação em Educação Online. Lisboa: Universidade Aberta, 101-127
  • Morgado, L.; Neves, A.; Teixeira, A. (2016). Acolhimento e Integração como Valor Estratégico: Análise do sistema institucional de apoio ao estudante virtual da UAb. In Magdalena Cruz Benzán, Ángeles Sánchez-Elvira (eds).  Claves Innovadoras para la Prevención del Abandono en Instituciones de Educación Abierta y a Distancia: Experiencias Internacionales, 27-55.  UAPA-AIESAD. URL: 978-9945-580-31-0
  • Nobre, A., Mallmann, E. & Quintas-Mendes, A. (2016). A Universidade Aberta a caminho da inovação pedagógica: recursos e práticas educacionais abertas. In Paulo Dias, Darlinda Moreira, António Quintas-Mendes (Eds) Práticas e Cenários de Inovação em Educação Online. Lisboa, Universidade Aberta.
  • Oliveira, C., Carmo, H., Caeiro, S. (2016). Avaliação de uma unidade curricular do programa de doutoramento em Sustentabilidade Social e Desenvolvimento da Universidade Aberta de Portugal. In Maciel, C., Alonso, K. M., Peixoto, J. (ed.). Educação a Distância Experiências, Vivências e Realidades. Editora EdUFMC, Mato Grosso, Brasil, 297 – 320.
  • Oliveira, I. & Susana Henriques, S. (2016). Investigação-ação em rede: um olhar sobre a atividade desenvolvida com doutorandos no âmbito de um seminário. In  Paulo Dias, Darlinda Moreira, António Quintas-Mendes (Eds). Práticas e Cenários de Inovação em Educação online.  Lisboa, Universidade Aberta, 47-74.
  • Oliveira, I; Amante, L. (2016) Nova Cultura de Avaliação: Contexto e fundamentos. In L. Amante; I. Oliveira (Coord.) Avaliação das Aprendizagens: Perspetivas, contextos e práticas. E-book, LE@D, Universidade Aberta, Lisboa (41-53).
  • Oliveira, N. R., & Morgado, L. (2016). Personal Learning Environments: Research Environments and Lifelong Informal Learning. In D. Fonseca, & E. Redondo (Eds.), Handbook of Research on Applied E-Learning in Engineering and Architecture Education (pp. 32-54). Hershey, PA: IGI Global. doi:10.4018/978-1-4666-8803-2.ch003
  • Pereira, A., Tinoca, L.. & Oliveira, I. (2016). Peer assessment in an online context: what do students say?. In Elena Cano; Georgeta Ion (Eds). Innovative Practices for Higher Education Assessment and Measurement. IGI Global, 248-270.
  • Pessoa, T., Vieira, M. C., Silva, J.C. & Capinha, G. (2016). O MOOC Escrita Criativa: “a outra tradição”: uma experiência pedagógica inovadora na Universidade de Coimbra. In S.Gonçalves, C. Pereira & M. Veloso (Eds). Ambientes Virtuais no Ensino Superior.(pp.69-90). Coimbra: CINEP/ IPC
  • Pessoa,T., Nogueira, F., & Galego, M.J. (2016). A formação inicial de professores para o uso pedagógico da tecnologia: uma revisão da literatura sobre os contributos do modelo TPACK. In M.A. Ramos, T.M. Hetkowski & A. Lago (org.) Educação e TIC: Relatos de Experiências, Processos Formativos e Práticas Educacionais (p.165-192). Curitiba: Editora CRV.
  • Romão, E.S. & Quintas-Mendes, A. (2016)- Educação e Comunicabilidade: Entre Contatos e Laços Interculturais. In Lucena, S. & Marizete, L. (Orgs) Educação, comunicação e diversidade: pesquisas e conexões. Rio de Janeiro, Editora Autografia. ISBN 978-85-5526-922-6
  • Souza, T.,  Amante, L. &  Cruz, D. (2016). Formação de professores na perspectiva dos letramentos/ literacias digitais: potencialidades para a educação a distância. In  Cristiano Maciel, Kátia Morosov Alonso, Joana Peixoto (Eds). EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. EXPERIÊNCIAS, VIVÊNCIAS E REALIDADES.  EdUFMT Editora da Universidade Federal de Mato Grosso, 109-150.
  • Vieira, C., Pessoa, T. & Matos, J.F. (2016). E-moderation and Interaction in a Course Promoted by the Distance Education Project of the University of Coimbra. In M. J. Marcelino, A.J. Mendes & M.C. Gomes (Eds) ICT in Education. Multiple and Inclusive Perspectives (39-50). Switzerland: Springer International Publishing. Doi 10.1007/978-3-319-22900-3_3

2015

  • Amante, L. (2015) “Inovação Pedagógica e Desenvolvimento Profissional na Educação Infantil”, In: F.I. Ferreira & C. I. Anjos (Orgs.) Educação de Infância: Formação, Identidades e Desenvolvimento Profissional. De Facto Editores/Edufal: Lisboa e Maceió. (pp. 111-122)
  • Amante, L. (2015). “Bota no Face Professora… Lá é onde tudo acontece. Facebook e Universidade: Uma pesquisa com estudantes do Brasill” In E. Matos e P. Torres, Educação em Rede e Mídias Sociais, Appris: Curitiba (41-62).
  • Amante, L.; Faria, A. (2015) Escola e Tecnologias Digitais na Infância. In P. Torres (Ed.) Tecnologias Digitais para a Produção de Conhecimento no Ciberespaço. SENAR: Curitiba (43-99) http://www.agrinho.com.br/ebook/senar/livro3/#page/1
  • Bacelar-Nicolau, P., Caeiro, S., Martinho, A. P., Azeiteiro, U.M., (2015). Attitudes, barriers and motivators as factors for sustainability of higher education e-learning programmes at Universidade Aberta, Portugal. In Leal Filho, W., Brandli, L., Kuznetsova, O., Paço, A.(ed.). Integrative Approaches to Sustainable Development at University Level: Making the links (Part II). World Sustainability Series. Springer. XII, 567 – 582 pp- ISBN 978-3-319-10689-2. Disponível em http://hdl.handle.net/10400.2/3621.
  • Barros, D.M.V. ( 2015). Experiencia en la Red de estilos de Aprendizaje y Educación a Distancia: una experiencia de coaprendizaje. In Gonzalez, M.L.C.; Romero, C.S.; Lorenzo, J.M.G (Eds).  Recursos Tecnológicos en Contextos educativos, 1-10. Editora: UNED  978-84-362-6972-7
  • Bastos, G. & Oliveira, I. (2015). Digital Literacy of School Leaders: What Impacts in School? Results of Two Studies from Portugal. In S. Kurbanoglu, J. Boustany, S. Spiranec, E. Grassian, D. Mizrachi, & L. Roy (Eds),  Information Literacy Moving Toward Sustainability (pp. 132-142). Editora: Springer
  • Cardoso, T., & Abreu, R. (2015). Mobile Learning and Education: Synthesis of Open Access Research. Em Y. (A.) Zhang (Ed.). Handbook of Mobile Teaching and Learning (pp. 133-148). Springer Berlin Heidelberg. DOI 10.1007/978-3-642-54146-9. ISBN: 978-3-642-41981-2.
  • Cardoso, T., Coimbra, T. & Mateus, A. (2015). Augmented Reality and 3D Technologies: Mapping Case Studies in Education. Em Y. (A.) Zhang (Ed.). Handbook of Mobile Teaching and Learning (pp. 847-860). Springer Berlin Heidelberg. DOI 10.1007/978-3-642-54146
  • Costa, H. (2015). A Investigação-ação no desenvolvimento de escolas eficientes. In:Oliveira, I.; Henriques, S. (Org.)  Investigação-Ação e Práticas de Liderança. Lisboa: Universidade Aberta. (no prelo).
  • Francisco, M., Esperança, C., Sousa, N., Vieira, D. & Nunes, N. (2015). Validação da acessibilidade na plataforma de eLearning: caso IPLeiria. In C. Mangas, C. Freire & M. Francisco (Orgs.), Inclusão e Acessibilidade em Ação – Diferentes percursos, um rumo. Artigo 4 [Online].  Leiria: iACT/IPLeiria. ISSN: ISSN 2183-4555. http://iact.ipleiria.pt/files/ebook/index.html?#a4
  • Francisco, M., Sousa, N., Esperança, C., Rodrigues, V.. & Neves, J. (2015). Práticas para um elearning acessível no Instituto Politécnico de Leiria. In C. Mangas, C. Freire & M. Francisco (Orgs.), Inclusão e Acessibilidade em Ação – Diferentes percursos, um rumo. Artigo 3 [Online]. Leiria: iACT/IPLeiria. ISSN: ISSN 2183-4555. http://iact.ipleiria.pt/files/ebook/index.html?#a3
  • Gaspar, I. & Oliveira I. (2015). Educação a distância: que visibilidade na cultura portuguesa? In A. Rita, J. Franco, A. Canelas & A. Lacerda (Ed.), Grandes Polémicas da Cultura Portuguesa. Lisboa: CLEPUL
  • Mallmann, E., Quintas-Mendes, A.,  Nobre, A.,  Jacques, J.S. (2015).  Inovação Mediada por Recursos Educacionais Abertos (REA): o caso da Universidade Aberta de Portugal. In: Raul Inácio Busarello, Patricia Bieging e Vania Ribas Ulbricht.. (Org.). Inovação em Práticas e Tecnologias para Aprendizagem. 1ed.São Paulo: Pimenta Cultural, 2015, v. , p. 189-211.
  • Marcelino, M.J., Magalhães, M., Nolan, S., Pessoa, T., Campos, M.A. (2015). Avaliação da Satisfação das Práticas Pedagógicas no âmbito do Projeto de Ensino a Distância da Universidade de Coimbra. In Ministério da Educação, Experiências de Inovação Didática no Ensino Superior, Secretaria de Estado do Ensino Superior, 243-255. Disponível em http://www.dges.mec.pt/didatica_ensinosuperior/
  • MEISTER, Isabel; OKADA, Alexandra; BARROS, Daniela (2015). Refletindo sobre avaliação na era da coaprendizagem e coinvestigação. In  . Cardoso, A. Pereira, L. Nunes (eds.). Avaliação e Tecnologias no ensino superior. Universidade Aberta LE@D, Coleção eBookLead
  • Miranda, P., Isaias, P., & Pifano, Sara. (2015). Higher Education: the Incorporation of Web 2.0. In Kommers, P. Isaias, P., & Issa, P. (Eds.) Perspectives on Social Media: A Yearbook. Routledge. Pp. 101-107. ISBN:  9780415854153. URL:
  • MOREIRA, J. António; BARROS, Daniela; MONTEIRO, Angélica. (2015). Formação de Professores para a Web 2.0: o TPack como Referencial Teórico. In : J. A. Moreira, D. Barros & A. Monteiro (orgs). Inovação e Formação na Sociedade Digital: Ambientes Virtuais, Tecnologias e Serious Games, 1-20.  Wh!te Books.
  • Pereira, A., Oliveira, I. & Amante, L. (2015).  Fundamentos da Avaliação Alternativa Digital. In T. Cardoso, A. Pereira, L. Nunes (eds.), Avaliação e Tecnologias no Ensino Superior (pp. 3-22). Universidade Aberta LE@D,  http://repositorioaberto.uab.pt/handle/10400.2/5775
  • Pessoa, T. & Fartura, S. (2015) INTEGRACIÓN DIGITAL LA EN PORTUGAL: análisis de la investigación sobre e.escola, e.escolinha y escola 2.0 entre 2011 y 2014. In. J.De Pablos (coord) LOS CENTROS EDUCATIVOS ANTE EL DESAFIO DE LAS TECNOLOGIAS DIGITALES. Madrid: La Muralla (pp.349-379).
  • Pessoa, T., Marcelino, M. J. & Mendes, A. (2015). Estratégias de formação no projeto ensino a distância da Universidade de Coimbra. In P.Peres, P.Pimenta & A.Mesquita (Eds)  Guia Prático do e-Learning nas Organizações (pp.132-143). Porto: Vida Económica
  • Pessoa, T., Purificação, M. M., Lustosa, G. & Matos, J. (2015). Em torno de uma Pedagogia Baseada em Casos (PBC) – Enquadramento e contributos na formação de professores In M.A.Flores, M.A.Moreira & L.R. Oliveira (Eds)  Desafios Curriculares e Pedagógicos na Formação de Professores (pp.91-106). Ramada: Edições Pegado
  • Quaresma, G., Matos, J. & Pessoa, T. (2015) Narratividade na Formação  dos Professores. In F.A. Araujo, M.O. Albuquerque  & M. Vilani Carvalho (coord.) FORMAÇÃO E TRABALHO DOCENTE: Educação Básica e Superior em Questão. Teresina: Edufpi (pp. 61-72).
  • Rodrigues, S., Amado, J. & Pessoa, T. (2015) Direitos e Deveres dos Professores- a perspetiva dos alunos. In C. Nunes & N. Crusoé (coord.) FORMAÇÃO DE PROFESSORES, CURRÍCULO E GESTÃO EDUCACIONAL. Curitiba: Editora CRV (pp. 17-29).
  • Rodrigues, S., Pessoa, T. & Amado, J. (2015). Direitos e Deveres dos professores na sociedade do conhecimento – um olhar crítico dos alunos. In C. Dominguez (Coord.Ed). Pensamento crítico na Educação. Desafios Atuais (pp. 295-303). Vila Real: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.
  • Salema, L. & Cardoso, T. (2015). Cultura participatória e avaliação: desafios para uma avaliação digital participatória. Em T. Cardoso, A. Pereira & L. Nunes (2015) (Ed.). Avaliação e Tecnologias no Ensino Superior (pp. 22-37). Lisboa, Universidade Aberta-LE@D, Laboratório de Educação a Distância e Elearning. ISBN: 978-972-674-762-8).
  • Santos, J. R., Rocha, A., Henriques, I., & Santos, M. G. (2015). Participação em fóruns e a avaliação final de uma unidade curricular lecionada em elearning: que relação? In T. Cardoso, A. Pereira, L. Nunes (Eds.). Avaliação e Tecnologias no Ensino Superior (pp. 83-100). Lisboa: Universidade Aberta – LE@D. ISBN 978-972-674-762-8.
  • Seabra, F. (2015). Empréstimo de políticas curriculares em Portugal – 2011-2014 (79-90). In. J. C. Morgado, G. M. Lunardi Mendes, A. F. Moreira, & J. A. Pacheco (Orgs). Currículo,  Internacionalização e  cosmopolitismo: Desafios contemporâneos em contextos Luso-Afro-Brasileiros (Vol. I). Santo Tirso: DeFacto Editores. (ISBN 978-989-8577-58-2).
  • Teixeira, A., Volungeviciene, A., Mazar, I. (2015). The Mainstreaming of Open, Online and Flexible Learning: how will MOOCs continue to be unique from an institutional perspective. In Jansen, D., Teixeira, A. (Eds).  Position papers for European cooperation on MOOCs. Overview of position papers on the opportunities and characteristics for European cooperation as presented during the HOME conference in Porto November 2014. Heerlen: EADTU. 25-29. ISBN / ISSN / DOI / HANDLE / URL: 978-90-79730-16-2
  • Vaz-Rebelo, P., Swennen, A., Golan, M., Van der Klink, M., Van Velzen, C., Pedroso de Lima, M., Vermel, J., Barreira, C., Pessoa, T., & Gomes, C. (2015). Professional development of teacher educators: Bringing together policy, practice and research. Brussels: Association for Teacher Education in Europe. ISBN: 9789081563994 https://www.dropbox.com/s/lmhy2pv4m5ef2pf/4thATEEWinterConference_Proceedings_FinalVersion.docx.pdf?dl=0

2014

  • Amado, J., Matos, A., Pessoa, T. & Vieira, C. (2014). Cyberbullying: do diagnóstico à prevenção e intervenção. In C. N. Filipe e R. C Costa (Coord). Navegar com Segurança (pp. 95-114). Lisboa: Clube do Autor (ISBN: 978-989-724-136-9).
  • Amante, L. (2014) “Facebook e novas sociabilidades: Contributos da investigação” In: Cristiane Porto & Edméa Santos (orgs.) Facebook e Educação. Publicar, curtir, compartilhar. Editora da Universidade Estadual da Paraíba (EDUEPB): Campina Grande, (pp. 27-46). ISBN 9788578792084
  • Barros, D. M.V (2014) Estilos de aprendizagem e as tecnologias: guias didáticas para o ensino fundamental.  In TORRES, P.L. (2014) REDES E CONEXÕES NA PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO. Senar: Paraná
  • Barros, D. M.V.& Simões,P. (2014) Educação a distância e as novas estratégias pedagógicas: ferramentas da web 2.0 e estilos de aprendizagem In MILL,D. & REALI A:M.de M.R. Educação a distância e Tecnologias Digitais: reflexões sobre sujeitos, saberes, contextos e processos. EduFCcar. São Carlos,São Paulo.
  • Barros, D.M.V.& Nunes, J. (2014). CURSOS DM&JN: PESQUISA E INOVAÇÃO PARA O TELETRABALHO DOCENTE InTractemberg,L. (Org.) Docencia Online Independente: novos horizontes profissionais na educação. Livre Docência: Rio de Janeiro
  • Carvalho, A.A. & Pessoa, T. (2014) La formacion de profesores en Blended Learning: presentación de dos casos. In A. Garcia (coord.) Blended Learning en Educación Superior. Madrid: Editorial Sintesis.
  • Courela, C. (2014). Dez anos é muito tempo… Trajectórias de uma adulta que aceitou o desafio de um percurso inovativo formador. In I. Sanches (Ed.), Para uma educação inclusiva: Dos conceitos às práticas (vol. III, pp. 58-84). Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.
  • Henriques, S., & Seabra, F. (2014). Capítulo IV. Redes Sociais em Educação para a Saúde – o caso da prevenção do uso de substâncias psicoativas. In. J. A. Moreira, D. Barros, & A. Monteiro (Orgs.). Educação a Distância e eLearning na Web Social (pp. 97-112). Santo Tirso: White Books. (ISBN: 9789898765017).
  • Issa, T. and Isaias, P. (2014). HCI and Usability Principles and Guidelines in the Website Development Process: An International Perspective. In Lacka, E., Chan, H. K., & Yip, N. K. T. (Eds.). E-commerce Platform Acceptance: Suppliers, Retailers, and Consumers. New York: Springer, pp 169-189 , https://doi.org/10.1007/978-3-319-06121-4_9 , ISBN 978-3-319-06121-4
    Lustosa, G. & Pessoa, T. (2014) A Formação de Professores e a(s) História de Vida como método de investigação e de construção de conhecimento. In A.Ferro (coord.) A educação no tear da história: memória, formação e práticas educativas. São Paulo: Editorial Paco ISBN: 978-85-8148-818-
    Martinho, A. P., Caeiro, S., Caetano, F., Azeiteiro, U.M., Bacelar-Nicolau, P. (2014). Training and Employability, Competences from an e-learning undergraduate programme in Environmental Sciences. In AZEITEIRO, U.M., LEAL FILHO, W., CAEIRO, S., (Eds.) E-learning and sustainability “in the series Umweltbildung, Umweltkommunikation und Nachhaltigkeit – Environmental Education, Communication and Sustainability, Peter Lang GmbH International Academic Publishers. Vol. 35. 47 – 58 pp 1. ISBN 978-3-631-62693-1. DOI 10.3726/978-3-653-02460-9. Disponível em http://hdl.handle.net/10400.2/3626.
    Mendes, A., Pessoa, T., Fonte, M., Neto, J. & Marcelino, M.J. (2014) Ridefor: desenho de uma plataforma de suporte à avaliação dos processos de formação de professores. In E. Cano y A. Bartolome (eds.) Evaluar la formacion es posible. Coleccion Transmedia XXI. Barcelona: Livro TRANSMEDIA
    MESSIAS, I., and MORGADO, L. (2014) Facebook + LMS: cenários para o envolvimento do estudante na aprendizagem a distância. In: PORTO, C., and SANTOS, E. (orgs). Facebook e educação: publicar, curtir, compartilhar [online]. Campina Grande: EDUEPB, 2014, pp. 403-427. ISBN 978-85-7879- 283-1. Available from SciELO Books <http://books.scielo.org>.http://books.scielo.org/id/c3h5q/pdf/porto-9788578792831-23.pdf
    Neto, J., Pessoa, T., & Mendes, A. (2014). Sala de Professores Online: Reflexões em torno de uma estratégia de formação de professores universitários. IN M.A. FLORES & C. COUTINHO (Coord.) Formação e Trabalho Docente- Diversidade e Convergências. Santo Tirso: De Facto Editores.
    Pacheco, J. A. & Seabra, F. (2014). Curriculum Research in Portugal: Emergence, Research, and Europeanization. In. Pinar, W. F. (Ed). International Handbook of Curriculum Research (2nd Edition)(pp. 397-410). New York: Routledge. (ISBN: 9780415804295).
    Pacheco, J. A., Seabra, F., & Morgado, J. C. (2014). Avaliação Externa. Para a referencialização de um quadro teórico sobre o impacto e efeitos nas escolas do ensino não superior. In. J. A. Pacheco (Org.). Avaliação Externa de Escolas: Quadro Teórico/Conceptual (pp. 15-55). Porto: Porto Editora.( 978-972-0-34908-8)
    Pessoa, T. (2014) Aprender y enseñar con el análisis y la escritura de casos. In A. Rodriguez Marcos & T. Pessoa (coord. )  La práctica cotidiana en los colégios: casos para la formación de docentes. Sevilha: Ocatedro (pp. 89-117).
    Pessoa, T. (2014) Percursos narrativos em formação: das estórias e episódios (auto)biográficos ao Storytelling e Storywriting (p.111-127). In H.A. Fontoura, Isabel A.O. Monteiro Lelis & I.Chaves. Espaços formativos, memórias e narrativas. Curitiba: Editora CRV
    Seabra, F., Henriques, S., Cardoso, T., Goulão, M. F., & Barros, D. (2014). Permanência da População Adulta no Ensino Superior a Distância – contributos para a sua compreensão no caso da Licenciatura em Educação da Universidade Aberta. In. L. Aires, A. P. Moura, F. Seabra & A. Moreira (Orgs.). Educação a Distância e Diversidade no Ensino Superior (pp. 19-26). Porto: Universidade Aberta. Disponível em: https://www2.uab.pt/producao/eBooksArea/EaDDES/actasUAb.pdf (978-972-674-753-6)
    Teixeira, A. M., Mota, J. (2014). A Proposal for the Methodological Design of Collaborative Language MOOCs. In Elena Martín-Monje, Elena Bárcena (Eds). Language MOOCs: Providing learning, transcending boundaries (pp. 33-47). De Gruyter Open
    Tinoca, L., Oliveira, I. & Pereira, A. (2014). A conceptual framework for e-assessment in Higher Education – authenticity, consistency, transparency and practicability. In Siran Mukerji and Purnedu Tripathi (Eds.) Handbook of Research on Transnational Higher Education Management. IGI Global. https://www.igi-global.com/chapter/conceptual-framework-assessment-higher-education/78143

2013

  • Amante, L. (2013) . “Tecnologias Digitais e (Des)Igualdade de Oportunidades: Começar na Educação Infantil”. In W.M. Yonezawa; D.Barros (Org.). Ead, Tecnologias e TIC. 69-80. Coleção AEE, Marília: UNESP.
  • Amante, L. (2013)- “Escola e Tecnologias Digitais na Infância”. In Patrícia Torres (org.) Programa Agrinho, SENAR-PR, Curitiba.
  • Amante, L. (2013).“Tecnologias e Educação: Novas possibilidades ou novas desigualdades?” In A. Cavalheri; S. N. Engerroff e J. C. Silva (Org.) As Novas Tecnologias e os Desafios para uma Educação Humanizadora. Biblos Editora: Santa Maria, 159-180, 2013. ISBN: 978-85-89174-76-3
  • Barros, D.M.V ( 2013) Literacia da Informação: o potencial educativo do virtual como estratégia pedagógica. In Regina Celia Baptista Belluzzo, Glória Georges Feres (Orgs.) Competência em informação: de reflexões às lições aprendidas. São Paulo, SP: FEBAB, 2013. http://issuu.com/necfciunb/docs/compet__ncia_em_informa____o__de_re
  • Costa, R.; Francisco, M.; Jorge, N. & Rodrigues, C. (2013). Ensino a distância no Instituto Politécnico de Leiria: Definição de um Modelo e seus pilares. Coleção Cadernos de Pedagogia no Ensino Superior, 23, pp. 23-37. Coimbra: CINEP. ISSN: 1647-032X. http://www.cinep.ipc.pt/index.php/publicacoes/cadernos-pedagogia/volumes-publicados
  • Gaspar, M. I., Santos, M., & Santos, J. R. (2013). Currículo: significado e perspetivas em memórias da escola. In Alves, José Matias (Coord.). Memórias de Professores: Emoções, Identidades Profissionais, Currículo e Avaliação (pp. 117-146). Porto: Faculdade de Educação e Psicologia da Universidade Católica Portuguesa.  ISBN 978-989-96186-5-7.
  • González Sánchez, M., Hernández Serrano, M.J., Ribero Pessoa, M.T.,Serrate González, s. y Da Silva Amado, J. (2013): El ciberbullying como consecuencia no deseada del uso de las tecnologías entre los jóvenes. EnTorío López, S., García Pérez, O, Peña Calvo, J.O. y Fernández García,C.M. (Coord.). La crisis social y el Estado de Bienestar: Las respuestas de la Pedagogía Social. Oviedo: Ediciones de la Universidad de Oviedo.
  • Isaías, P., Pífano, S., & Miranda, P. (2013). Higher education and web 2.0: theory and practice. In J.-E. Pelet (Ed.), E-Learning 2.0 Technologies and Web Applications in Higher Education. Hershey, PA, USA: IGI Global, pp 88-106,  DOI: 10.4018/978-1-4666-4876-0.ch005
  • Issa. T., & Isaías, P. (2013). Promoting Human-Computer Interaction and Usability Guidelines and Principles Through Reflective Journal Assessment. In Blashki, K., & Isaias, P. (Eds) Emerging Research and Trends in Interactivity and the Human-Computer Interface. Hershey, PA: IGI Global, pp. 375-394, DOI: 10.4018/978-1-4666-4623-0.ch019
  • Pessoa, T., Vieira, C., Neto, J., Silva, J., Fonte, M., Pedrosa, S., Marcelino,M. J. & Mendes, A. (2013). Ensinar a distância na Universidade de Coimbra. Cadernos de Pedagogia no Ensino Superior (janeiro, 2013), 23 , 3‐22. www.cinep.ipc.pt http://issuu.com/cinep/docs/23_cadernos_de_pedagogia_no_ensino_superior?mode=window&viewMode=doublePage
  • Piconez, S. C. B., Zimmer, J. & Amante, L. G. D. (2013). “Uso de blog: contribuições para formação docente e educação escolar” In L. M. Fadel; V. R. Ulbricht e M. C. Neto (Orgs). Hipermídia e acessibilidade na era da inclusão. Ideia Editora. João Pessoa, Brasil, (pp. 295-348), 2013. e-book: http://www.insite.pro.br/elivre/conahpa_pc.pdf
  • Santos, J. R. (2013). A utilização da plataforma MOODLE na escola básica: realidade ou ficção na inserção das TIC em sala de aula. In L. Grave, G. Bastos & M. I. Gaspar (Coord.). Lideranças e Novas Dinâmicas Educacionais (pp. 124-134). Lisboa: Universidade Aberta. ISBN 9789726747369. [Disponível em: http://www.myebooks.pt/book/liderancas-e-novas-dinamicas-educacionais/X06EOG]
  • Seabra, F. (2013). Identidades Europeias e Nacionais numa Europa em Crise – Sinais emergentes no currículo português. In. A. M. P. Favacho, J. A. Pacheco, & S. R. Sales (Orgs.). Currículo, Conhecimento e Avaliação: divergências e tensões (pp. 239 – 253). Curitiba – Brasil: Editora CRV.